Interação e interatividade

Embora o Facebook seja a estrela das redes sociais e os números justificam esta posição, o Twitter vem se mostrando como a ferramenta que mais “estragos” causa. O Twitter na verdade é menos uma rede social e mais uma rede de informações em tempo real. Além de um distribuidor descentralizado de informações.

Como rede de informações em tempo real, o Twitter tira da imprensa tradicional a primazia do “furo” e coloca em cena a testemunha ocular (em tempo real). Estamos falando em interatividade.

Como distribuidor descentralizado de informações, que permite via curadoria, ser entendido como uma ferramenta de mídia, um novo modo de se fazer jornalismo. Proliferam as ferramentas que permitem a Integração de informações de diferentes fontes com curadoria, dando um formato similar a revista ou jornal. Estamos falando, aqui, de Integração.

O Facebook pode também ser a plataforma onde estas atividades se consolidam, multiplicando os efeitos de rede. Nossa página no Facebook busca ser um laboratório nesta direção.

SM_gestao_de_comunidades

 

http://gigaom.com/2012/06/12/why-traditional-media-should-be-afraid-of-twitter/

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Integração, Interatividade, Redes Sociais, tendências e com a tag , , , , , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.