Palavras ao vento?

O sul-coreano Lee Jung não joga palavras ao vento. Ao contrário, as deposita, brilhantes (em neon), na natureza. Por raízes de contraste.
Depois as fotografa: rom??nticas mensagens congeladas no tempo.
?? todo este processo que dá um significado especial/diferente a estas frase banais.

Eu ainda me lembro.

LeeJungW21mercurion


Postado em instalação, Poesia Visual e com a tag , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *