Anos 60 – os anos que mudaram o mundo

Mutantes – um novo comportamento, uma nova sensibilidade, uma nova estética, em sintonia com o que estava ocorrendo no mundo desenvolvido. Tropicália bananas ao vento. É proibido proibir. Leia na minha camisa. Ando meio desligado. Se eu sou muito louco ……

Em fevereiro de 2005, a revista britânica Mojo incluiu o álbum Os Mutantes em sua lista de “50 Most Out There Albums of All Time” (algo como os “50 Discos Mais Experimentais de Todos os Tempos”). Ainda em 2005, a também britânica Q Magazine igualmente colocou o álbum em 12o. lugar, em sua lista dos “40 greatest psychodelic albums of all time” (“Os 40 maiores discos psicodélicos de todos os tempos).
Nos interessa os anos 60 pelo fato de ter sido um divisor de águas na maneira como nos comportamos e vemos o mundo. Principalmente se consideramos que foi um período onde a comunicação de massa (unidirecional, com o predomínio de algumas redes de TV, alguns grandes grupos de mídia impressa, comunicação massiva), atinge os níveis mais elevados em toda a história. A partir deste ponto, surge uma contra-cultura, que começa a por em cheque toda uma cultura pré-estabelecida e os valores que defende.
Nos interessa os anos 60, porque o momento atual, dominado pela internet/Web, com a desintermediação da produção cultural e do fluxo da informações, se opõe quase que totalmente ao que foi vivido naqueles anos.

 

mutantes_w21mercurion

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Comportamento, música e com a tag , , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *