De como a vida só faz sentido na arte

Nós contemporâneos vemos a arte como uma coisa importante. O relacionamento com a poesia, teatro, pintura, dança, música, cinema, escultura, literatura, nos faz mais préximos do entendimento do sentido da vida.

Nos tira das coisas pequenas do dia a dia: a falta de dinheiro, a falta de tempo, a falta de reconhecimento, a falta de perspectivas.

que

brar

o

ri

tmo

do

dia

-a-

dia

Desautomatizar a vida.

Abrir uma brecha (um sentido) para se olhar mais longe. Uma noção de propósito. De transcendência.

Como também nos dão os filhos. As crianças.

 

http://miltonribeiro.sul21.com.br/2013/09/06/proust-ou-de-como-a-vida-so-faz-sentido-na-arte/

 

a arte e intriga_Miloor_w21mercurion

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada

 


Postado em Arte e com a tag em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *