Estaria a neutralidade da Internet, de mãos atadas?

A neutralidade da Rede consiste na obrigatoriedade de todos os provedores tratarem todos os diferentes tráfegos de dados de modo igual. Ou seja: Ninguém pode pagar para trafegar preferencialmente.
Este sempre foi um dos pilares do que se considerava uma Internet livre.
O órgão regulador americano, em parecer recente, considerou que provedores podem priorizar tráfego mediante pagamento.
Estaria a neutralidade da Rede de mãos atadas?
Ou seria apenas um modo de se fazer as coisas considerando as realidades de mercado?
Afinal, nos nossos Correios, podemos pagar mais para um pacote ou carta chegar mais rápido. E nem por isso considerados que os correios cerceiam a livre circulação de informações. Não  é neutro, mas é livre.
Mas será que é a mesma coisa?

http://gigaom.com/2014/01/14/what-you-need-to-know-about-the-court-decision-that-just-struck-down-net-neutrality/

 

net neutralidade_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Internet/Web, tendências e com a tag , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *