O website corporativo está morrendo?

Se os websites corporativos estáo em decadência como fonte de informações sobre produtos, marcas ou serviços, isto se deve a duas coisas:
1. O advento das redes sociais que modificaram o modo como as informações chegam às pessoas (Facebook e Twitter são os exemplos mais visíveis deste fenômeno. Mas não esqueçamos os blogs focados em assuntos específicos);
2. A consciência de que na nova Internet/Web (atual), imensa e complexa, multi-plataforma, multi-telas, a distribuição da informações precisa acontecer de forma 360o. / 365 dias por ano. Porque a segmentação faz com que públicos diferentes estejam em canais diferentes, usando interfaces de acesso diferentes, em momentos no tempo diferentes.

Ou seja: a presença de uma empresa ou marca não se dá mais pelo seu website – apenas, mas pela soma de todas as Interações digitais (conhecidas ou desconhecidas, voluntárias ou involuntárias) pela complexa (e imensa) teia de conexões da Internet/Web.

 

marketing digital_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Internet/Web, Marketing de conteúdo e com a tag , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *