A grande onda: Pejac em Tókio

O espanhol Silvestre Pejac trabalha com códigos conhecidos tanto na forma como no conteúdo.
Como todo artista urbano (da street art), para quem a cidade é a galeria e o espectador o passante, a comunicação tem que ser de fácil entendimento. Rapidamente percebida – afinal é um passante.
A partir de uma sutileza de desenho e tema, parece buscar uma certa “gag” visual, poética, bem humorada, irônica, crítica, que chama a atenção para o absurdo da situação. Ou, o absurdo da vida.

pejac_tokio

 

Veja a obra original a que Pejac faz referência:

Katsushika Hokusai - 1830  A Grande Onda de Knagawa

Katsushika Hokusai – 1830
A Grande Onda de Kanagawa

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Arte, Design gráfico, Pintura, Street art / intervenções urbanas e com a tag , , , , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *