Outro

Depois de um silêncio de 12 anos, Augusto de Campos vai lançar um volume inédito de poesia. Outro, com texto, capa, projeto e execução gráfica dele mesmo, está no prelo da Perspectiva e deve ficar pronto em cerca de três semanas. São 120 páginas de poemas visuais e indicações de clip-poemas – para serem vistos na internet. No prefácio, que o poeta, ensaísta e tradutor chamou de Outronão, ele relembra sua última coletânea de inéditos, Não, diz que, como Marianne Moore, não gosta de poesia, embora só saiba fazer isso, e escreve: “E é com este Outro, que pode ser também o último bônus de meu trabalho poético, que ouso ex-pôr estes novos poemas. Sobrevivente, para o bem ou para o mal, não posso deixar de completar o que comecei, o quanto me for possível”.

Curadoria: Estadão

http://cultura.estadao.com.br/blogs/babel/augusto-de-campos-apresenta-poemas-ineditos-em-outro/

Ps que falam_augusto de campos

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito. O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada


Postado em Literatura, Poesia Visual e com a tag em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *