Pedra portuguesa – Amália Rodrigues

O português Alexandre Farto é conhecido no mundo da street art, como Vihls.
Vihls como alguns poucos, não utiliza spray, pelos muros do mundo.
Ele cinzela paredes e num jogo de espaços positivo, negativos, produz umas imagens realistas, clássicas. Muito diferente de quase tudo o que se faz em street art. Muito diferente da irreverência rebelde do grafite. Mas fiel à estética da comunicação fácil necessária quando a rua é o museu e a parede a tela.
Com Vihls um certo tipo de classicismo literalmente sobe pelas paredes. Neste caso, ocupa a calçada em pedra portuguesa.

 

vhils_amalia rodrigues

Amália Rodrigues by Vilhs – Lisboa

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *