Livre pensar é só pensar. Mas é pecado.

Livre pensar √© s√≥ pensar, dizia Mill√īr.
Mas é pecado, dizem os rabinos utraortodoxos.
Desde tempos imemoriais a informa√ß√£o que permite o livre pensar desestrutura o estabelecido. Informa√ß√£o + pensar = poder. √Č luz (em termos b√≠blicos).
E dentre o estabelecido, ameaça o poder daqueles que se arvoram o monopólio da comunicação com o sobre-natural, com o além. Que é trevas (em termos bíblicos).
O controle pelas trevas n√£o √© monop√≥lio dos rabinos ultraortodoxos, mas √© compartilhado por todos que reinam sobre a ignor√Ęncia. E consequentemente lutam para preserv√°-la.
Tampouco a Internet/Web com seus aplicativos são um livro de sabedoria. Mas a informação Рtanto a certa como a errada -, correm soltas para serem pinçadas, escolhidas, e servirem de base para um pensar livre. Que de outra maneira, jamais seria livre. Jamais seria luz.

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,tentacoes-digitais,1758013

WhatsApp

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Cultura, Tecnologia e com a tag , em .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *