Arquivos da categoria: Propaganda

O que diz esta imagem sobre a mulher?

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que diz esta imagem, sobre a mulher? A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes. De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos. Indo: do subjetivo ao social. Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dize esta imagem, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

Hank-Willis-Thomas-6-315x420

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Comportamento, Cultura, Fotografia, Propaganda e com a tag , em .

Propaganda anos 50 e 60.

…. na cozinha, trocando id√©ias com os amigos. Isto √© legal ….. e pede uma Budweiser.

Anos cl√°ssicos.
Quando a comunicação era massivamente unidirecional (predomínio da TV aberta com poucos canais, 3 ou 4 revistas com tiragem enorme e cobertura nacional).
Situação completamente diferente da do momento atual onde as plataformas digitais estáo desconstruindo a unidirecionalidade da comunicação (Facebook, Twitter, email, YouTube).
Isto certamente influencia/modifica a estática/as formas possíveis.

propaganda anos 50 60_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Propaganda e com a tag , , , em .

Alfie

Michael Caine promovendo Alfie em Cannes – 1966.
A fotografia é imobilidade e tempo.
Curadoria: History in Pictures via Twitter

https://twitter.com/HistoryInPics/status/649999817800859648/photo/1

alfie

 

Conhe√ßa e curta a p√°gina da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, m√≠dias sociais, mobile, tend√™ncias e comportamentos s√£o citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista √© possivelmente o mesmo conceito. O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Fotografia, Propaganda e com a tag , em .

Uma fotografia da fotografia

Reconstruir, teatralizando, algumas das fotografias ic√īnicas da hist√≥ria da fotografia. Este √© o argumento do comercial da¬†F/Nazca & Saatchi, para o centen√°rio da c√Ęmeras Leica. O conceito √©: a Leica n√£o inventou a fotografia, mas inventou “A” fotografia. O que de certo modo √© verdade, via a portabilidade fotogr√°fica. Que os fot√≥grafos de toda uma √©poca utilizaram, capturando o “momento decisivo”.
√Č interessante notar como o contexto estetizante de um comercial publicit√°rio subtrai toda a for√ßa que estas imagens (fotogr√°ficas) produziram e produzem. Mas √© uma bela refer√™ncia afetiva √†s grandes fotografias e aos grandes fot√≥grafos.

https://www.youtube.com/watch?v=-KN__BNoHEc&feature=youtu.be

leica_FNazca

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 


Postado em Cinema, Fotografia, Propaganda e com a tag , em .

O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?
A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes.
De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos.
Indo: do subjetivo ao social.
Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

sobre amulher_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Comportamento, Fotografia, Propaganda e com a tag , , , em .

O que dizem estas imagens, sobre a mulher

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?
A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes.
De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos.
Indo: do subjetivo ao social.
Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

1944

1944

 

Conhe√ßa e curta a p√°gina da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, m√≠dias sociais, mobile, tend√™ncias e comportamentos s√£o citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.¬†O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Com√©rcio Eletr√īnico, Cultura, Propaganda e com a tag , , em .

O que dizem estas imagens, sobre a mulher

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?
A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes.
De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos.
Indo: do subjetivo ao social.
Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

1933

1933

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conhe√ßa e curta a p√°gina da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, m√≠dias sociais, mobile, tend√™ncias e comportamentos s√£o citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.¬†O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Comportamento, Cultura, Propaganda e com a tag , , em .

O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?
A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes.
De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos.
Indo: do subjetivo ao social.
Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

1917

1917

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conhe√ßa e curta a p√°gina da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, m√≠dias sociais, mobile, tend√™ncias e comportamentos s√£o citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.¬†O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Comportamento, Cultura, Propaganda e com a tag , , , em .

O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

100 anos de uso da imagem da mulher branca pela publicidade americana.
A mensagem publicitária sem o componente linguístico.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?
A cultura n√£o √© um sistema imotivado de significa√ß√Ķes.
De significa√ß√Ķes e comunica√ß√Ķes.
A significação depende tanto do emissor da comunicação, como do arsenal de leitura do receptor. Suas reservas (bancárias) de leitura.
Tudo, afinal, tem em maior ou menor grau, muitos sentidos.
Indo: do subjetivo ao social.
Do social ao subjetivo.
√Č como damos sentido √†s coisas.
O que dizem estas imagens, sobre a mulher?

Hank Willis Thomas
Jack Shainman Gallery – NY

Anos 60.

Anos 60.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conhe√ßa e curta a p√°gina da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, m√≠dias sociais, mobile, tend√™ncias e comportamentos s√£o citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.¬†O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 


Postado em Cultura, Propaganda e com a tag , em .

Dia Internacional da Mulher

Poster soviético de 1960.

dia internacional da mulher_urss 1960_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conte√ļdo n√£o √© um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Design gr√°fico, Propaganda e com a tag , em .