Arquivo da tag: Cultura

Revisitando Dr. Mill̫r РPsicanalista

Phobia
é
um medo
com
PhB

 

psicanalista

    Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito. O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 


Postado em Comedy, Cultura, Design, Ilustração, Quadrinhos e com a tag , em .

Tolicionário ou estupiditeca

Psiu - 1965 Augusto de  Campos

Psiu – 1965
Augusto de
Campos

“Rock and Roll” e poesia concreta são aspectos de um mesmo fenômeno: o de uma juventude  desorientada. Mário Newton Filho – Diário de Notícias. (17-3-1957).

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Arte, Construtivismo, Cultura, Literatura, Poesia Visual e com a tag , , , , em .

The and I to a of my is that ou De a o e que do da

Zipf/Mandelbrot/Pareto
e a poética determinista
da linguagem.

zipf

https://www.youtube.com/watch?v=fCn8zs912OE

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Comportamento, Cultura e com a tag , , em .

Me ame.

Em 05 de outubro de 1962 começava uma história que iria além do rock ou do POP.
Uma sintonia meio única entre a arte de consumo e as aspirações de um público jovem, já contaminado pelo germe da rebeldia, e sedento de uma identidade nova, diferente daquela dos que tinham mergulhado o mundo em 2 grandes guerras mundiais.
Além do que, esta geração tinha dinheiro para bancar esta nova identidade. Os rapazes tinham o talento. A indústria do entretenimento, fez o resto.

Beatles_love me do

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Comportamento, Cultura, música, tendências e com a tag , , em .

Pálidos olhos azuis

Ele tem cerca de 7.000 anos e vivia no norte da Espanha.
É igualzinho a nós, um irmão (até então) desconhecido, com um biotipo algo diferente: ele é meio preto, tem pele bem escura, e olhos azuis.
Todos que têm olhos azuis (hoje) são descendentes diretos dele e dos seus parentes próximos. O pessoal da Escandinávia, por exemplo.

Homem de la Brana

Homem de la Brana

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 

 

 


Postado em Cultura e com a tag em .

Livre pensar é só pensar. Mas é pecado.

Livre pensar é só pensar, dizia Millôr.
Mas é pecado, dizem os rabinos utraortodoxos.
Desde tempos imemoriais a informação que permite o livre pensar desestrutura o estabelecido. Informação + pensar = poder. É luz (em termos bíblicos).
E dentre o estabelecido, ameaça o poder daqueles que se arvoram o monopólio da comunicação com o sobre-natural, com o além. Que é trevas (em termos bíblicos).
O controle pelas trevas não é monopólio dos rabinos ultraortodoxos, mas é compartilhado por todos que reinam sobre a ignorância. E consequentemente lutam para preservá-la.
Tampouco a Internet/Web com seus aplicativos ṣo um livro de sabedoria. Mas a informa̤̣o Рtanto a certa como a errada -, correm soltas para serem pin̤adas, escolhidas, e servirem de base para um pensar livre. Que de outra maneira, jamais seria livre. Jamais seria luz.

http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,tentacoes-digitais,1758013

WhatsApp

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Cultura, Tecnologia e com a tag , em .

A teia

O origami luminoso do coreano Jeongmoon Choi.

A experiência imersiva (na arte contemporânea) é uma instalação interativa. Arte baseada na experiência vivenciada e não no conhecimento contemplativo. Ou bem mais do primeiro (experiência vivenciada) e menos do segundo (conhecimento contemplativo).
Torna-se uma experiência dos sentidos. Borrando os limites entre arte e entretenimento.
Deixando de ser uma obra “objeto-espetáculo”: objeto tangível, objeto sublime.
Para se tornar uma experiência-espetáculo. Um buraco sensual e reflexivo.
Fazendo uma não-arte dentro da arte, ou uma arte dentro da não-arte do entretenimento.
Artretenimento.

Jeongmoon Choi 6

DIALOGUE LINEAIRE / DIÁLOGO LINEAR Galeria Laurent Mueller, Paris

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Arte, instalação e com a tag , , , em .

Retrato do artista quando jovem

Emmanuel Radnitzky mais conhecido como Man Ray, o cara “dadá” dos fotogramas, foi buscar a “ossatura” da linguagem fotográfica. Que no limite nem era mais fotografia como entendemos fotografia.

 

Man Ray by Eileen Algar - Setembro de 1937

Man Ray by Eileen Agar – Setembro de 1937

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito. O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 

 

 

 


Postado em Fotografia e com a tag , , em .

Ser é só ser

BBC Open University sobre Sartre e o Existencialismo: a existência precede a essência.
Simples e muito inteligente. Infelizmente em inglês.

https://youtu.be/qpXNRrtuo38

existencialismo

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 

 

 

 


Postado em Cultura e com a tag em .

Kirk x Picard

Kirk x Picard
Republicanos x Democratas
Os estilos de liderança, caros aos americanos, e o sonho livre de “fazer a América”. Mas na verdade, um mote fácil para ocupar um lugar no imaginário do eleitor.
Nas eleições, como no show business, there is no business like show business.
Mas pelo menos o nível é outro.

https://www.washingtonpost.com/blogs/the-switch/wp/2015/07/23/what-ted-cruz-gets-wrong-about-star-trek/?postshare=5021437700692026

star trek

 

 

 

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Cinema, Comportamento e com a tag , em .