Arquivo da tag: Intervenções urbanas

Entrevista com Eduardo Kobra

http://www.juxtapoz.com/street-art/artist-interview-eduardo-kobra

kobra_perrier_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 


Postado em Arte, Design gráfico, Street art / intervenções urbanas e com a tag , , , em .

Visite e “curta” o blog da W21Mercurion

Assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

toda censura e burra_w21mercurion

Viste e “curta” o blog da W21Mercurion

Assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

o piro cego e o que nao quer ver

Eu sou eu

A fotografia diz respeito à imobilidade e ao tempo.
Revela algumas coisas e esconde outras: a fotógrafa Raquel Brust, por exemplo.
Estas hiperfotografias ocuparam o espaço do Minhocão (Elevado Costa e Silva) em São Paulo.
Os “revelados” tem relação com a região e interagem fotograficamente com a arquitetura da cidade, como interagem com esta mesma arquitetura, fisicamente, no seu-dia-a-dia. Esta última Interação, no entanto, não é percebida por ninguém, ou por muito poucos.
Enquanto a fotográfica ……….
O Projeto Giganto borra os limites entre a documentação e uma narrativa político-sentimental (dos moradores inapercebidos desta região degradada), por meio de uma Interação forçada, exercida pela ocupação inusual e monumental do mobiliário urbano.

Raquel Brust_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Arte, Fotografia, Street art / intervenções urbanas e com a tag , , em .

Que horror!

Se os nossos rios (nas áreas urbanas) fossem limpos, esta intervenção no mobiliário urbano (este grafite) não seria tão impactante.
As imagens têm muitos significados. Dependem do repertório interpretativo de cada um. E para nós, beber água de rio (em área urbana) é um horror.

intervenção urbana_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 

 


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag , em .

Saída à francesa – op!, quebrei.

A França tem mostrado um conjunto de artistas que fazem efetivas intervenções urbanas. Utilizam o “mobiliário” urbano como parte integrante e definidor do processo de criação.
São temas simples, como convém a um público passante, sem nenhum interesse específico. Porém cheio de humor e charme. Um pequeno detalhe para fazer o dia mais feliz.
Como são as intervenções da Sandrine Estrade Boulet. E como é o caso deste do oakoak. Ambos nossos velhos conhecidos.

oakoak_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag em .

Os afrescos de Borondo

Borondo é um espanhol de formação clássica. Suas intervenções (urbanas) tem um inegável caráter e intenção de trazer o classicismo para os muros. O que não deixa de ser muito diferente do que os outros estáo fazendo. Já não tem mais a pegada meio marginal, meio bandida, que caracterizou o início do grafite.
No entanto, o pano de fundo continua sendo o mesmo, uma comunicação fácil para a rua como galeria.

Borondo_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag , em .

a hora certa de atravessar a rua

Robert Gibson sob o pseud??nimo de Roadsworth deixa marcas nas ruas.
???Se Wordsworth ?? o poeta das palavras (words), Roadsworth ?? o poeta das ruas (roads)???.

roadsworthw21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag em .

Os afrescos de Borondo

Borondo é um espanhol de formação clássica. Suas intervenções (urbanas) tem um inegável caráter e intenção de trazer o classicismo para os muros. O que não deixa de ser muito diferente do que os outros estáo fazendo. Já não tem mais a pegada meio marginal, meio bandida, que caracterizou o início do grafite.
No entanto, o pano de fundo continua sendo o mesmo, uma comunicação fácil para a rua como galeria.

Borondo_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Street art / intervenções urbanas e com a tag , em .

O geômetra OP/POP

O OP, POP, quase sempre monumental, de Daniel Buren.

Onde um padrão é o padrão.

Daniel Buren_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em instalação, Street art / intervenções urbanas e com a tag , em .