Arquivo da tag: negro

Propaganda anos 50 e 60.

…. na cozinha, trocando idéias com os amigos. Isto é legal ….. e pede uma Budweiser.

Anos clássicos.
Quando a comunicação era massivamente unidirecional (predomínio da TV aberta com poucos canais, 3 ou 4 revistas com tiragem enorme e cobertura nacional).
Situação completamente diferente da do momento atual onde as plataformas digitais estáo desconstruindo a unidirecionalidade da comunicação (Facebook, Twitter, email, YouTube).
Isto certamente influencia/modifica a estática/as formas possíveis.

propaganda anos 50 60_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Propaganda e com a tag , , , em .

Visite e “curta” o blog da W21Mercurion

Assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

toda censura e burra_w21mercurion

Viste e “curta” o blog da W21Mercurion

Assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

o piro cego e o que nao quer ver

Vive la difference.

Eric lafforgue_w21mercurion

A fotografia de Eric Lafforgue.
A diferença ?? o nome que damos para o que não conhecemos.

 


Postado em Fotografia e com a tag , , , em .

Black is beautiful

Mulher africana.

Coleção figurativa.
Lykke Steenbach Jesephsen – Dinamarca.
Saatchi Gallery – Londres.

 

mulher africana_lykke steenbach jesephsen_w21mercurion


Postado em Arte, Cultura e com a tag , , em .

Vive la différence!

A fotografia de Eric Lafforgue.
A diferença é o nome que damos para o que não conhecemos.

Eric laforgue_w21mercurion

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.

 

 

 


Postado em Fotografia, Vive la difference! e com a tag , , em .

Vive la différence!

A fotografia de Eric Lafforgue.
A diferença é o nome que damos para o que não conhecemos.

erik lafforgue_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Fotografia, Vive la difference! e com a tag , , , , em .

Vive la differénce!

A fotografia de Eric Lafforgue.
A diferença é o nome que damos para o que não conhecemos.

Viva as diferen??as_w21mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista é possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada.


Postado em Fotografia, Vive la difference! e com a tag , , em .

Vive la différence!

Vive la différence!
A fotografia étnica de Eric Lafforgue.
A diferença é o nome que damos para o que não conhecemos.
O que pensa esta mulher enquanto me olha deste modo tão intenso, tão concentrado?

Vive l?? difference_w21Mercurion

 

Conheça e curta a página da W21Mercurion no Facebook, onde assuntos ou temas que fazem parte (direta ou indiretamente) das nossas atividades: tecnologia, Internet, design, arte, fotografia, mídias sociais, mobile, tendências e comportamentos são citados a partir de fontes da Internet para formar um corpo coerente. Diferentes tempos, diferentes temas, diferentes fontes, conversando sincronicamente, organizados de forma singular mas permitindo uma leitura plural. Quase uma revista e possivelmente o mesmo conceito.
O conteúdo não é um ponto de partida mas um ponto de chegada


Postado em Fotografia, Vive la difference! e com a tag , , , , , em .